13 de julho de 2009

DÁ SINAL AÍ

Em todo anúncio de emprego está lá impresso nos “benefícios” o Vale Transporte. Geralmente, a informação vem seguida do adendo um modal por dia, ou seja, condena o candidato ao aperto do busão que poupar mais sola de sapato e, que claro, traz mais aperto e sofrimento ao proletário.

Em resumo, trabalhador e busão, definitivamente se completam - embora a relação seja em mão única, porque eu quero ver alguém levantar a mão e dizer que adora um ônibus cheio na hora do rush-. Chega a ser um mal necessário!

Não somos elitistas, nem esnobes... Muito ao contrário, só que este meio de transporte, não combina com o glamour que precisamos ostentar para manter o emprego. Você sai linda, perfumada, penteada e o motorista te faz correr quilômetros atrás do Mercedão e, quando você chega bem perto ele arranca e te deixa com cara de vaca plantada... Toda descabelada, suada, amassada...

A Má, por exemplo, se transforma na maior barraqueira que se tem notícia quando depende do famigerado busão e ele, resolve sacanear... Já foram quebra paus homéricos (vocês não perdem por esperar).

Já a Fê, coitada, inventou a "dieta do ônibus"... Academia para quê, quando se tem uma Avenida Brasil, cheia de parador, que só para pros outros, nunca pra ela?!

Mas vamos combinar? Quem nunca teve vontade de gritar, de se rasgar toda, de sentar no meio fio e chorar por conta da falta de educação dos “pilotos”, cobradores, fiscais?! Por aqui, nós já até criamos novos palavrões quando esgotaram-se todos os que sabíamos de tanto ódio do busão!Aliás, desta necessidade de esculachar estes putos, nasceu este blog.

Daqui vamos gritar: FÉLADAPUTA, passageiro é gente, viu?! Mesmo os glamourizados feito Ma, Dani, Fê. Do alto da nossa modéstia e charme, também somos duras... i... Precisamos destes motoristas que, quando assumem o volante, parecem que fazem parte com o demo!!!

E como a gente tem historia! O ponto de parada do Downtown, na Barra, recebe todas as tribos que, nem sempre convivem pacificamente... No subúrbio do Rio, a falta de ônibus pro Centro é piada certa, pelo menos para o blog, e no Sul... Onde todo mundo acha que o povo é civilizado... Quantas emoções!

Podem esperar. Vamos desenterrar todos os esqueletos junto com vocês.

Próxima parada... Quem vai saber?!

Texto inaugural a quatro mãos: Fe Freitas e Ma Albergarias

6 comentários:

Dani disse...

EEEEEEEE!!!!!
Viva Seu Blogger!!!!!
hahahahahaha
Deu tudo certo.
Tá o filho bonito de novo!
Sorte prá ele e prá gente!
beijos

Faxina

Daniel disse...

hahahaha.
Vou adorar acompanhar essas emoções de vcs e os busões.
Boa sorte com o novo Blog.
Bjs

Ma disse...

Yessssssssss!
É nóis, penduradas na porta,peraê, piloto!!!!

Como diria minha secretária, pobre da gente que sai limpinha cheirosa, pra chegar fedida, suada e ainda ficar plantada, no meio da linha amarela quando o 175 enguiça!!!(CENTRAL/RECREIO), feito bananeira!!!

Este blog, vai dar o que falar!!!

Engraçadinha disse...

Aim, q lindom, mais um brógui culetivo.
Bem, meu nome não apareceu na lista, pq depois q eu fui morar na Muda, meu problemas siacabaram.
E sem intervenção das Organizações Tabajara. Pasme e se morda de inveja!

Rô Castro disse...

Pô ,cara pensa o quê que só vcs são pós-graduadas em busão.Eu também.Pior é quando esse alguém como eu ,metida a atleta pratica corrida de 100ms. Quando chega pertinho da porta o babaca parte c/ o busão ... Parafraseando o Personagem do chico Anísio,A gente "fica com maior cara de bundão" do lado de fora.Busão e bundão rimou rsrs.

Dani Antunes disse...

hahahaha... Adorei!
Adorei a ideia, adorei o convite...
E, me aguardem que em breve mando meu primeiro relato "busônico" pra vocês.
Primeiro de muitos, espero.

Bj e boa sorte com o blog! :D

ŒŒ• Free Blogger Templates Autumn Leaves by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP