19 de setembro de 2010

Mulher invisível!




Eu que pensei que era invisível apenas para os motoristas da viação Pégaso, descubro que também o sou para a Santa Maria.
Explico: outro dia fui ignorada por nada mais nada menos do que 8 coletivos. Oito, pessoas!





A Linha S 20 ( Carioca X Recreio), não pára de jeito nenhum, em frente ao ponto de parada na Av das Américas na Altura do Mario Henrique Simonsen.
Outro dia quando o nono ônibus finalmente parou, parou a uma distância imensa e só não foi embora , porque um dos passageiros gritou para o motorista não arrancar.
Subi com tanta raiva e o motorista ainda teve a capacidade de debochar e me humilhou na frente de um ônibus lotado.
- Tem que correr titia, porque eu estou com pressa.
E dito isto começou a rir da minha cara!
Não bastasse isto, todas as pessoas que estavam sentadas, começaram a rir também.

Não pude me conter e desabafei toda minha ira:
- Por acaso eu não estou pagando? Ou o senhor acha que esta me fazendo um favor?
- É exatamente por esta falta de respeito, que quando vocês entram desem pregados , eu não dou nem uma moeda.
Passei na roleta inconformada, com todos rindo da minha cara e desabei num choro convulsivo, sacudida pela minha ira e humilhação.
Jamais vou esquecer o senhor, que estava sentado ao meu lado, que falou alto e em bom som: -Não chora não , moça!
A humanidade está assim: PODRE, porque é muito fácil pra este bando de idiotas que está sentado, debochar o desespero de quem depende de uma condução pra voltar pra casa.
Não chore, não vale a pena.

Assim é.
As pessoas não se dão o respeito.



Outro dia a mesma coisa. Depois de uma espera de mais de 45 minutos, foi a vez da Santa M aria não me ver ( 758 - Cascadura X Recreio).
Existe uma parada em frente ao condomínio Viva Viver, na Av. Salvador Allende, na Barra, e o motorista passou direto pelo pnto,olhando pela minha cara. Ante a perspectiva de mais 45 minutos de espera, fui obrigada a caminhas mais de 800 metros a pé , até a av das Américas, em frente a concessionária Rennes.
Pobre de nós esquecidos, moradores do Recreio!

4 comentários:

Dilberto L. Rosa disse...

Olha, pelo visto, terias como processar esta empresa, viu? E não pense "Ah, vai demorar muito um processo na Justiça!" - nos juizados especiais, uma causa como esta pode ser resolvida em até 6 meses e te daria direito a uma indenização por danos morais! É só dar o número do coletivo e o horário que pegaste o mesmo na tua localidade. A empresa responde por culpa 'in eligendo', uma vez que tem responsabilidade na contratação dos profissionais. O único senão seria o fato de não teres pego o nome do velhinho solidário para servir de testemunha... Mas não se cale, não! Proteste, já!!! Abração!

Engraçadinha disse...

Eu não gastaria minhas lágrimas, não. Anotaria tudim.
Vem pra Tijuca gata, aqui os pilôto fazem isso não!

Dri Viaro disse...

Oi, passei pra conhecer seu blog, e desejar boa tarde.

aguardo sua visita :)

beijos

www.driviaro.com.br

Ane Brasil disse...

Processa, fia, processa e toca o horror.
Bem, eu por cá tenho uma tática pra fazer o busão parar: vou pro meio da rua, na cara dura.
Tenta essa da próxima vez!
Sorte e saúde pra todos - menos pra esses motóras abusados!

ŒŒ• Free Blogger Templates Autumn Leaves by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP